sábado, 28 de agosto de 2010

Estudando Estilística Léxica | Teadoro, Teodora.


Quando não é questão de carência é querência, mas pode ser também precisância. Desde que a culpada não seja eu, pode ser qualquer coisa! Podem eles dar o nome que for porque eu, euzinha continuo inventando as minhas palavras:


Beijo pouco, falo menos ainda

Mas invento palavras

que traduzem a ternura funda

E mais cotidiana

Invento, por exemplo, o verbo Teadorar

intransitivo;

Teadoro, Teodora.


Manuel Bandeira



segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Dodoi.

Dodoi!

Muito...

Luana tá dodoi!

Febre doi.

Cabeça doi.

Garganta doi...

Luana não trabalha nem vai a escolinha.

Luana só doi.

Hoje só doi.

domingo, 15 de agosto de 2010

Anniversary!

From a complication with a complicated man

Through pain

To my best friend's advice

With my lovely brother driving me home

On the day of my dad's birthday...


This is when he came to me.


It can't be only dumb luck or simply coincidence!


I don't doubt anymore...


EVERYTHING IS CONNECTED!