sexta-feira, 21 de março de 2014

Carta ao ex-

O nosso aniversário é, tradicionalmente, uma data na qual as pessoas que nos querem bem demonstram sua lembrança e seus votos de felicidade. Devemos ser bem quistos para tal. Ao me lembrar da sua data e confirmá-la na minha agenda, me peguei avaliando se você gostaria de ser lembrado. Eu não quero ser um incômodo... Fato é que já lembrei! Talvez eu não seja para você uma boa lembrança, o que infelizmente(!), não anula o fato de você ser lembrado com tanta frequência.

Fique sabendo: eu me lembro de você (nem sempre) com carinho. Eu te desejo que seus amigos continuem sendo fieis como você merece que sejam e que os seus amores continuem sendo do seu jeito. Eu desejo que seu filho te sorria. Sempre e muito! Isso desejo mesmo, de coração! Eu vos desejo saúde, sabedoria e realizações. Desejo que não seja enganado, que não seja mal entendido, que não seja ignorado...

Entenda: por mais que eu seja adepta ao perdão, você deixou fortes marcas e eu carrego mágoas que você não se preocupou em reparar. Ferida aberta, sabe como? Quem não pede perdão não pode ser perdoado. Nem por isso te desejo o troco. Desejo que você seja feliz. Sem mágoas, sem ressentimentos, sem perdões entalados... Que seja amado por quem escolheu amar. Continue pensando que o seu orgulho é boa coisa se isso te faz mais forte. Cabeça dura! Que cuide bem de quem lhe é dependente, mas que não se deixe ser explorado. Que continue sonhando... Tão indeciso! E achando que isso é uma questão de determinação - se assim desejar. Que durma quando quiser, onde quiser, com quem quiser, por quanto tempo quiser! Só não seja ingrato e não se esqueça de quem vela seu sono sem que você peça, sem que você note. Que reavalie o seu conceito de liberdade e tenha certeza de que uma pena ao vento pode significar muito menos do que cultivar pessoas que o deixam ser livre com afeto.

Enfim... Que reconstrua por opção o que perdeu também por opção. E que aprenda a controlar melhor seus impulsos e suas palavras. Por mais imperfeitas que as suas mulheres sejam, elas não têm culpa por ser você tão volátil e ter metas tão fugazes. Que vá ao jantar com aquela, que visite a loira, que beije a vizinha, que entregue a chave e a aliança para a mulher.Que providencie a escola, os papeis, a aliança e tudo mais que elas cobram de mim. Sucesso pra vocês!

E por fim... Que a idade nova finalmente te faça CRESCER, no sentido mais nobre que cabe ao vocábulo.

Feliz aniversário! Seja feliz!

quarta-feira, 19 de março de 2014

A consequência do pouco caso:

O sorriso amarelo de otimismo vira insegurança.
A alergia vira rinite.
A gripe, sinusite.
A virose, faringite.
O coração partido, depressão.
A expectativa, ansiedade.
O cansaço, insônia...

Sabe... Pequenos problemas devem ser resolvidos prontamente!